Todos os posts de admin

O TRECHO NORTE DO RODOANEL DEVE RECEBER EM JUNHO A LICENÇA AMBIENTAL PRÉVIA CONCEDIDA PELO DERSA E PELO GOVERNO ESTADUAL

RESULTADOS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O TRECHO NORTE DO RODOANEL –
AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO EM 27 DE MAIO DE 2011

A população presente criticou amplamente a maneira com que o poder público tem lidado com o Rodoanel, sem dialogar com os habitantes da região.

Segundo Hélio da Silva, gerente de Relações Institucionais do Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), tanto moradores de imóveis regulares quanto aqueles que vivem em condição irregular receberão indenizações, contribuições no pagamento de aluguéis e novas moradias. Entretanto, a população se mostrou preocupada em relação às quantias que receberão após a desapropriação e a demora nas construções de novas residências.

Outros representantes da sociedade civil questionaram as autoridades do Dersa e o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo Jorge, a respeito do Estudo e Relatório de Impacto Ambiental. Segundo Carlos Eduardo Souza, um grupo de trabalho da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente elaborou parecer em que afirma que o EIA/RIMA apresenta incongruências, como a falta de mapeamento da vegetação dos parques e imprecisões no projeto dos túneis do Rodoanel. No mesmo parecer, a advogada Maria Cristina Greco disse que o Trecho Norte é definido como uma “cicatriz na paisagem da Serra da Cantareira”, referindo-se ao traçado previamente decidido para a via, que cortaria o parque. O Dersa afirma que a “cicatriz” foi a maneira encontrada de afetar um número menor de famílias. Maria Cristina citou ainda trechos em que o estudo aborda “impactos irreparáveis” na região, porém que no relatório final constam como “impactos potenciais”.

Do documento elaborado pelo grupo de trabalho, a Secretaria prepara um parecer-síntese, que após aprovação do responsável pela pasta seguirá para o governo estadual. Nesse resumo, Eduardo Jorge afirmou que há requisitos para a obtenção da licença prévia: plano de reassentamento de todas as famílias afetadas, a exclusão da Avenida Inajar de Souza como eixo de ligação com a Marginal Tiête (já alterado no projeto da obra) e o dimensionamento do impacto do Rodoanel nos parques da região norte.

O Secretário do Verde e do Meio Ambiente rebateu as críticas afirmando que não há obras sem impacto, ainda mais em se tratando de um empreendimento como o Rodoanel. Ele pediu paciência à população, dizendo que os órgãos licenciadores estão procurando “equilíbrio nas mitigações e compensações”. Para ele a obra tem importância que ultrapassa o município, por isso sua aprovação não passa efetivamente pela Prefeitura.

O Trecho Norte do Rodoanel deve receber em junho a Licença Ambiental Prévia, concedida pelo Dersa e pelo governo estadual. O órgão prevê investimento de R$ 5,6 bilhões. A expectativa do Dersa é que a via seja inaugurada em 2014.

Fonte: Tribuna Paulista, 18 de junho de 2011

ALCKMIN ASSINA CONVÊNIO PARA DESOCUPAR ÁREAS ATINGIDAS PELO TRECHO NORTE DO RODOANEL

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN ASSINA CONVÊNIO QUE DEVE ATENDER 2 MIL FAMÍLIAS RESIDENTES EM ÁREAS DAS OBRAS DO TRECHO NORTE DO RODOANEL

O governador Geraldo Alckmin anunciou na última quinta-feira (9/6) um convênio entre o Desenvolvimento Rodoviário S/A – DERSA e a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) referente a famílias que residem nos imóveis em situação irregular nas áreas que devem ser atingidas pelas obras do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas. Denominado Programa de Reassentamento do Dersa, a medida deve atender 2 mil famílias e terá um custo total de R$ 155 milhões, segundo informações do Palácio dos Bandeirantes.

“Estamos falando da maior obra de infraestrutura do país. Para ganhar tempo, estamos fazendo algo inédito. Normalmente, são feitas a licitação da obra e as licenças ambientais e depois se corre atrás da parte habitacional. Nós estamos nos antecipando e cuidando da questão social com a assinatura do convênio entre o Dersa e a CDHU”, afirmou o governador.

O Dersa estima que 1.400 famílias devem optar pela indenização, recebendo o dinheiro diretamente. As demais famílias, 600, entram no Programa de Reassentamento na modalidade unidades habitacionais, recebendo um imóvel novo da CDHU no valor de R$ 90 mil. A previsão é que as unidades sejam construídas em no máximo 36 meses.

Para os moradores que desocuparem os imóveis antes do término da construção das unidades habitacionais, cada família receberá um auxílio-aluguel de R$ 480 mensais até a ocupação do imóvel da CDHU. O convênio prevê o repasse pelo Dersa de R$ 73 milhões à CDHU. Este recurso cobrirá a construção dos conjuntos habitacionais e eventuais auxílio-aluguel, escritura definitiva e custos com mudanças.

“Estamos procurando nos antecipar a todas as obras e serviços necessários para ganhar tempo na questão do Rodoanel. Hoje, a rodovia de maior tráfego do país é o Rodoanel Oeste. São 212 mil veículos por dia. Já temos pronto o Rodoanel Oeste e o Sul. O Leste, com a licença de instalação, deve começar em setembro, com 36 meses de obras, sem verba pública”, disse o governador.

O governador ainda acrescentou que no caso do Rodoanel Norte, é uma obra pública com um terço dos investimentos vindos da União e dois terços do Governo do Estado. A previsão de início das obras é para novembro, finalizadas também em 36 meses.

A expectativa é de com o Rodoanel, o trânsito da Região Metropolitana melhore com a retirada do tráfego de passagem e a interligação de 10 auto-estradas do Estado.

FONTE: A GAZETA DA ZONA NORTE, 11 DE JUNHO DE 2011.

RODOANEL TRECHO NORTE – CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

RODOANEL TRECHO NORTE
AUDIÊNCIA PÚBLICA DERSA/DNIT

DATA: 13/6/2011 – JD.PEDRA BRANCA/TREMEMBÉ
HORÁRIO: 18:00 HORAS
LOCAL: CENTRO COMUNITÁRIO NOSSA SENHORA APARECIDA
RUA CONDESSA AMÁLIA MATARAZZO, N.13 – JD.PERI

DATA: 17/06/2011 – JD.PARANÁ
HORÁRIO: 14:00 HORAS
LOCAL: QUADRA DO CLUBE DO JD.VISTA ALEGRE
RUA DALVA BARBOSA VILA VERDE, JD. VISTA ALEGRE

DATA: 17/6/2011 – PARADA DE TAIPAS
HORÁRIO: 10:30 HORAS
LOCAL: ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DE PARADA DE TAIPAS
AV.DEP.CANTÍDIO SAMPAIO, 6530 – PARADA DE TAIPAS

DATA: 21/6/2011 – JD.PERI/INAJAR DE SOUZA/BRASILÂNDIA
HORÁRIO: 18:00 HORAS
LOCAL: IGREJA DE ZINCO – PARÓQUIA SANTOS APÓSTOLOS AV.ITABERABA, 3907 – JD. MARACANÃ

DATA: 30/6/2011 – JD.CORISCO/VILA RICA/TRÊS CRUZES
HORÁRIO: 18:00 HORAS
IGREJA METODISTA WESLEYANA
RUA TAMON, 48 – JD.CORISCO

RODOANEL TRECHO NORTE
VISITA TÉCNICA – DERSA/DNIT

DATA: 10/6/2011 – JD.PEDRA BRANCA/TREMEMBÉ
HORÁRIO: 08:30 HORAS
PONTO DE ENCONTRO: ESTACIONAMENTO DO HORTO

DATA: 13/6/2011 – JD.PARANÁ
HORÁRIO: 08:30 HORAS
PONTO DE ENCONTRO: ATACADÃO
LOCAL: AV.RAIMUNDO PEREIRA DE MAGALHÃES, 11980

DATA: 20/06/2011 – JD.CORISCO
HORÁRIO: 08:30 HORAS
PONTO DE ENCONTRO: ESQUINA DA AV. CEL. SEZEFREDO FAGUNDES COM RUA MARIA AMÁLIA LOPES DE AZEVEDO

RODOANEL TRECHO NORTE
REUNIÃO SOBRE OS IMPACTOS AMBIENTAIS

DATA: 16/06/2011
LOCAL: ALESP – ASSEMBLÉIA LEGISTATIVA DE SÃO PAULO
HORÁRIO: 14:00 – SALA: À DEFINIR
CONVIDADOS: SECRETÁRIO ESTADUAL BRUNO COVAS E
SECRETÁRIO MUNICIPAL EDUARDO JORGE

FONTE: RODOANEL ASSIM NÃO!
https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=explorer&chrome=true&srcid=0B3yGqwuDEUU4OGQwYjNmZjktNTUyNy00ZDY0LTg4NzctZDAwNzI0ZDYzMGMw&hl=en_US

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE – 5 DE JUNHO

(…)

BIODIVERSIDADE NO BRASIL

O Brasil é campeão mundial em biodiversidade: de cada cinco espécies do planeta, uma encontra-se no país. Essa enorme variedade de animais, plantas, microorganismos e ecossistemas, muitos únicos em todo o mundo, deve-se, entre outros fatores, à extensão territorial e aos diversos climas do país. O Brasil detém o maior número de espécies conhecidas de mamíferos e de peixes de água doce, o segundo de anfíbios, o terceiro de aves e o quinto de répteis. Com mais de 50 mil espécies de árvores e arbustos, tem o primeiro lugar em biodiversidade vegetal. Nenhum outro país tem tantas variedades de orquídeas e palmeiras catalogadas. Os números impressionam, mas, segundo estimativas aceitas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), êles podem representar apenas 10% da vida no país. Como várias regiões ainda são muito pouco estudadas pelos cientistas, os números da biodiversidade brasileira tornam-se maiores na medida em que aumenta o conhecimento. Durante uma expedição de apenas 20 dias pelo Pantanal, coordenada pela ONG Conservation International (CI) e divulgada em 2001, foram identificadas 36 novas espécies de peixe, duas de anfíbio, duas de crustáceo e cerca de 400 plantas cuja presença naquele bioma era desconhecida pela ciência. O levantamento nacional de peixes de água doce coordenado pela Universidade de São paulo (USP), publicado em 2004, indica a existência de 2.122 espécies, 10% a 15% delas desconhecidas até então.

Fonte: JSZN, 3 de junho de 2011.

REVITALIZAÇÃO DO HORTO FLORESTAL

Revitalização do Horto Florestal em debate

O secretário Bruno Covas recebeu, em seu gabinete, na terça-feira, 31, Rodrigo Victor, diretor do Parque Estadual Alberto Löfgren, antigo Horto Florestal. O secretário adjunto Rubens Rizek também participou do encontro, que teve o objetivo de discutir o projeto de revitalização do parque.

Para que o projeto possa ser encaminhado, o secretário solicitou alguns ajustes que serão feitos ao longo das próximas semanas. O parque está localizado em área urbana, mas mantém extensas áreas de Mata Atlântica, constituindo uma importante referência para a população da Zona Norte da Capital.

http://brunocovas.com.br/revitalizacao-do-horto-florestal-em-debate/
http://brunocovas.com.br/revitalizacao-do-horto-florestal-em-debate/, quinta-feira, 2 de junho de 2011