Dom, 28 de julho de 2013 – Novas fotos do andamento do Rodoanel Norte, ponto de referência "Clube da Sabesp". Observem em algumas fotos, novamente, os raios da misericórdia de Deus. Isto quer dizer que Deus, em sua infinita misericórdia, está alertando, pela segunda vez, sobre os impactos econômicos, sociais e ambientais desse trecho do Rodoanel. Somente os homens de boa vontade poderão perceber a mão de Deus sobre essa obra. Ele está dizendo aos homens públicos para que tenham misericórdia da maior floresta urbana úmida do mundo e das milhares de famílias que serão desapropriadas. O que dizer então dos animais que vivem nessa floresta…

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

image
Fotos: Conceição Aparecida Santos

TRECHO NORTE – 'Os impactos são incomensuráveis', diz ambientalista sobre Rodoanel

Por conta da obra serão desapropriados cerca de 10 milhões de metros quadrados.

image

São Paulo – Em entrevista à Rádio Brasil Atual, o pesquisador e ambientalista Maurício Waldman disse hoje (16) que a construção do trecho norte do Rodoanel Metropolitano de São Paulo não resolverá o problema do trânsito na capital e trará impactos ambientais “incomensuráveis”. Ele afirmou que é preciso substituir “obras faraônicas” por políticas “mais proveitosas”.

“Até hoje, ninguém conseguiu afiançar metodologia que tenha alcance de fazer reparo ambiental. Ninguém até hoje conseguiu estabelecer uma forma, ninguém tem um número. Uma cascata não tem preço. Os impactos são incomensuráveis.”

Para Waldman, o traçado próximo a áreas de vegetação e de mananciais, o desalojamento de famílias e o desmatamento de importantes áreas da Serra da Cantareira, maior floresta urbana do mundo e considerada reserva da Biosfera pela Unesco, estão entre os principais impactos decorrentes das obras do Rodoanel.

Outro problema se refere ao adensamento urbano causado pela rodovia. “Não adianta falar que vai ter política pública para conter adensamento, porque as políticas públicas no Brasil não são viáveis. Vai ter adensamento, isso em uma metrópole que já está transbordando de gente”, disse Waldman.

Fonte: por Redação RBA publicado 16/07/2013

http://www.redebrasilatual.com.br/ambiente/2013/07/os-impactos-sao-incomensuraveis-diz-ambientalista-sobre-rodoanel-8120.html